Select Page

O Capitalismo sempre foi associado ao apetite voraz e sem limites. A mitologia grega contava a história de Erisícton, um rei da Tessália tomado pela ambição de construir um grande palácio e que, para erguê-lo, violou o bosque de Deméter, deusa da agricultura. Ofendida, a divindade buscou Éton, a personificação da fome, e a colocou no estômago de Erisícton. O rei passou então a ter um apetite incontrolável e insaciável, consumindo em pouco tempo toda a sua riqueza para satisfazê-lo. Por não conseguir nunca se saciar, o monarca acabou por devorar a si mesmo.

Frequentemente, a história do Rei da Tessália pode ser uma metáfora para a maneira como algumas empresas atuam em relação ao mercado, seus colaboradores e concorrentes. Na ânsia de obter os melhores resultados, esquecem de criar uma base sólida e de dar condições para a evolução da sua própria equipe. São injustas em salários e oportunidades, pouco transparentes em relação à meritocracia e apenas exigem mais e mais, levando toda a sua cadeia produtiva à estafa mental. Ou seja: acabam por devorarem a si mesmos no processo. Porém, este cenário está mudando nos últimos anos.

O Capitalismo Consciente é uma linha de pensamento que combate as práticas dos “monarcas” egoístas modernos, trazendo em si um novo frescor para as relações de trabalho e da empresa com a própria sociedade. Receber dela, mas também entregar. Liderança consciente, evolução contínua e justa, valorização do esforço individual e coletivo, propósito além do lucro e integração da produtividade com ferramentas de bem-estar são alguns pilares desta corrente de ideias.

John Mackey, CEO Whole Foods, e Raj Sisodia, professor e um dos mais cultuados consultores de negócio do mundo, foram os pioneiros ao sistematizar as bases do capitalismo consciente em diversos livros. No Brasil, já há alguns anos grandes organizações têm utilizado de forma dispersa os seus conceitos, aplicando aqui e ali alguns dos seus preceitos.

O Grupo 5A nasceu como uma empresa progressista que hoje investe no Capitalismo Consciente, tendo como missão colocá-lo no dia a dia das companhias de uma forma organizada. A partir da nossa visão de que o talento humano é o principal ativo das organizações, queremos transformá-las para o futuro.

Embarque conosco nessa jornada!

Quer saber como preparar sua empresa para o futuro? Baixe grátis seu e-book CLICANDO AQUI